Aguarde...

Benvindos

Origens

A fundação de Pontével está certamente ligada à fertilidade dos seus solos e à passagem de importantes vias de comunicação, como a estrada romana que ligava Olissipo (Lisboa) a Scalabis (Santarém), da qual ainda existem vestígios, acima da Fonte da Concha, na Horta d'Ourives. Recebeu carta de foral de D. Sancho I, em 1194, confirmada por D Afonso II, em 1218.

A existência de juízes de vintena sujeitos à Comarca de Santarém atesta a sua importância política e económica desde a época medieval. Foi também sede da Comenda de S. João do Hospital (Ordem de Malta), chegando a ser cabeça de comenda no século XVII. Após a Restauração da Independência, foi criado o Condado de Pontével, por ocasião do casamento de D. Catarina de Bragança, filha de D. João IV, com o Rei de Inglaterra, um título que se extinguiu devido à ausência de sucessores por parte dos seus titulares (D. Elvira de Vilhena, condessa de Pontével, que acompanhou como aia D. Catarina na corte inglesa).

No século XIX, a vila parece ter perdido um pouco do seu antigo esplendor. No entanto, o despertar republicano deu novo fôlego à dignidade pontevelense, com o surgimento de novas obras e formas de associação cívica. A excelência dos seus recursos agrícolas, uma actividade comercial significativa e até alguma iniciativa industrial - de que foi exemplo as fábricas de rebuçados, de conservas de frutas e, ainda actualmente, de telha e tijolo - foram responsáveis, ao longo do século passado, por um elevado grau de desenvolvimento. Por decreto-lei, Pontével consegue o título de Vila em 20 de Junho de 1991.


Compartilhar titulo produto

Envie-nos a sua mensagem

Obrigado

Tire as suas dúvidas, envie-nos sugestões, estamos ao seu dispor!

Morada

Rua Mateus Peixoto Barreto Nº1, 2070-430 Pontével

Contactos

Telef: 243 799 226
Fax: 243 799 022
Telem: 000 000 000
Email:
geral@jf-pontevel.pt

Atendimento

2ª a 6ª Feira

09h00 - 12h30

14h00 - 17h30